Consulado italiano vai abrir dois escritórios em Vitória para agilizar pedidos de cidadania


José Carlos Mattedi

Para agilizar o reconhecimento da cidadania e a liberação do passaporte para capixabas descendentes de italianos, dois novos escritórios do Consulado Italiano serão abertos em Vitória nos próximos meses. A revelação foi feita na tarde desta quarta-feira (09) pelo Cônsul Geral da Itália no Brasil, Massimino Beleli, durante audiência com o vice-prefeito, Sebastião Balarini, no salão nobre da prefeitura.

Segundo Beleli, duas equipes de trabalho serão deslocadas do Rio de Janeiro para Vitória para alizar as centenas de processos que tramitam no Vice-Consulado local. "O Espírito Santo é o Estado brasileiro com o maior percentual de descendentes de italianos. São cerca de 1,9 milhão, ou 60% da população capixaba. Enfim, vamos dar prioridade ao Estado agilizando os trabalhos", sublinhou.

COLONIZAÇÃO

Massimino Beleli estava acompanhado do vice-cônsul no Espírito Santo, Franco Gaggiato, e do assessor Giovanni Castagna. Logo no início da audiência, o cônsul teve um breve histórico da colonização italiana no Estado, explanação feita por Balarini e pelo secretário de Desenvolvimento da Cidade, Kleber Frizzera.

O prefeito de Cariacica, Helder Salomão, presente ao encontro, aproveitou para falar da maior festa italiana no Estado, que acontece no seu município no mês de julho.

O cônsul informou, em seguida, que um dos motivos que o trouxe ao Espírito Santo, além de buscar diminuir a burocracia no reconhecimento da  cidadania italiana, foi o de trabalhar junto as autoridades locais pela inclusão do ensino da língua do seu país nas escolas municipais e estaduais.

Outro assunto colocado em pauta foi a possível parceria, como "cidades irmãs", entre Vitória e Montova, cidade italiana que tem 60 mil habitantes e abriga cerca de dois mil descendentes italianos capixabas. Beleli ficou surpreso com a informação, e prometeu trabalhar para que essa parceria aconteça.

Da audiência também participaram: o deputado estadual Cláudio Vereza; o chefe de gabinete, José Carminati; a secretária de Cultura, Maria Helena Signorelli; e a auditora geral da prefeitura, Lisia Pimentel Mendes.



Veja ainda:
 
Consultas e exames especializados de graça para morador de Vitória
Abertas inscrições em oficinas de percussão e dança afro
Vitória tem 10 anos para cumprir dez direitos de cidadania
Projeto "Lugar de Todo Tênis" comemora primeiro aniversário
Delegados de Vitória debatem propostas para Região Metropolitana
Peça "Para sempre Rapunzel" é atração do próximo sábado em Itararé
Estacionamento rotativo de graça para quem mora no Centro
Mães participam da Semana Mundial de Amamentação
Secretário de Esportes faz balanço positivo da Renault Speed Show